Filme: Memórias Secretas

Oie gentxi, tudo certinho?! Vim dar uma dica de um filme valiosíssimo que assisti semana passada com meu noivo e amigos no Netflix.

remember

 

Para quem curte um drama é uma ótima opção, pois a película conta a história de uma vingança super bem bolada por um idoso, Max, judeu residente de um asilo que teve sua família assassinada em Auschwitz por um carrasco nazista chamada Otto Walish.

Ele consegue que um outro senhor chamado Zev vá atrás de vingança pelas suas famílias . Zev está em processo de demência. Sua memória a cada dia se perde mais e está agarrada a memória de sua esposa já falecida. Toda vez que ele acorda chama por ela e é sempre doloroso saber que ela está morta.

Max em seu plano magnífico entrega uma carta a Zev onde conta que o mesmo tinha prometido a sua esposa Ruth que se vingaria do carrasco que exterminou sua família no campo de concentração. Ao qual segundo as pesquisas do seu amigo Max o assassino teria se mudado para os EUA ou Canadá com o nome falso de Rudy Kurlander, porém o verdadeiro nome dele seria Otto Walish.

Zev foge do asilo levando essa carta que continha suas memórias e todos os passos que ele deveria dar para encontrar Kurlander. Porém não seria tão fácil, pois existem 4 homens com esse mesmo nome entre os EUA e o Canadá.

Tenho vontade de contar passo a passo para vocês, mas o filme é ótimo e vale tanto a pena assistir que vou me conter e ficar caladinha. A única coisa que posso falar é que o final é surpreendente. Fiquei pensando assim: esse Max é inteligente demais e conseguiu realmente se vingar depois de tantos anos.

Assistam e depois me contem o que vocês acharam!

 

Vani MoniqueFace- %2FblogvanimoniqueInstagram- @vanimoniqueSnapchat- vani.monique

Dica de livro: Misery. Louca Obsessão

loucaobsessão

    Olá gentxi, tudo na paz?! Espero que sim. Não é o caso desse livro…bom, sempre ouvi muito falarem sobre o escritor Stephen King e naquele tom: ou você o ama ou o odeia, não tem meio termo para os escritos dele. Não entendia o porque desse discurso todo das pessoas em que mencionavam o nome do cara. Parecia Freud sabe, quando você vai falar de Psicanálise, ou você o ama ou o odeia. Após longos anos ouvindo essa frase comprei um livro do King, o, Misery- Louca Obsessão. Estava no shopping, dei uma entrada na Saraiva, como sempre, e dei uma procurada em livros com um preço bom e lá estava ele, decidi então trazê-lo para casa.
    O livro possui 326 páginas com uma história sinistra, digamos assim, Paul Sheldon é um famoso escritor que sofre um acidente de carro, e é salvo (será?) por sua fã número 1 (pelo menos é o que ela diz) Annie Wilkes, enfermeira e obcecada pelos seus livros que contam a história da personagem Misey. Ela leva Sheldon para sua casa isolada e começa a cuidar dos ferimentos do escritor. Logo a boa enfermeira se mostra uma louca que o mantem prisioneiro. Ela o obriga a escrever a continuação da história da sua personagem preferida apenas para que ela leia e a enfermeira se utiliza de métodos nada convencionais para incentivá-lo como uma agulha e um machado, por exemplo. Enfim, ela é uma fã perigosíssima que ninguém gostaria de cruzar o seu caminho.
    Sobre o que achei do livro? Gosto de histórias com uma pitada de suspense e um pouquinho de horror, mas admito que demorei pra pegar o ritmo de leitura e a gostar do livro. Ele é muito diferente do que estou acostumada a ler. Não sei quem aqui já leu algum outro livro do King, não sei se todos seguem o ritmo desse, mas o livro todo só contava a história de Sheldon e de Wilkes e não tinham outros personagens com suas histórias de desenrolar de vida sendo contados. Porém depois que me acostumei comecei a ler com mais gosto, porque sempre queria saber onde tudo isso iria parar.
Cada trecho é sempre surpreendente, quando você acha que vai acontecer uma coisa, acontece outra totalmente diferente.
    Dando uma procurada sobre o livro na internet vocês não sabem o que encontrei, o filme do livro, de 1990. Deixo aqui o trailer para vocês.
Haaaa, quanto ao filme, vale a pena ver!
beijos

Filme: O Aluno

oaluno

Gentxi, sextou!!! E se você for como eu provavelmente ficará em casa fazendo qualquer coisa ou nada. Enfim, gosto muito de assistir um bom filme e principalmente se for acompanhado pelo meu noivo e amigos. Tenho um casal de amigos muito queridos que de vez em quando a gente se reuni pra conversar, comer besteira e fazemos uma sessão cinema com uns 2 ou 3 filmes (infelizmente um a um vai dormindo. O que acontece é que já não somos mais nenhum boyzinho neh?! Estamos é ficando velhos, mas pula essa parte). O último filme que assistimos na querida e amada, salvadora de todos, Netflix, foi O Aluno (tem também uma outra tradução de título, Uma Lição de Vida. Porém no Netflix está como: O Aluno).

Se você gosta de filmes baseados em fatos reais e com uma pegada bem dramática pode assistir. Vou confessar que me arrancou lágrimas. Uma história muito bonita que narra a determinação e coragem de um senhor de idade, chamado Maruge que foi a pessoa mais velha a ingressar na escola primária.
Ele juntamente com a professora que o aceitou na escola de uma pequena comunidade no Quênia sofrem perseguições  dos pais dos alunos até políticas gerando uma revolta entre os moradores locais e até um conhecimento da mídia nacional e internacional.

oalunofilme

Sinopse:
Maruge lutou pela liberdade de seu país, foi preso e torturado. Aos 83 anos, se fazendo valer de um discurso do Presidente do Quênia que garante educação para todos, Maruge decide se matricular numa escola primária. Como a escola possui mais crianças do que sua estrutura precária suporta, sua matrícula é negada e ele precisa insistir muito até ser aceito. Porém, ao começar a estudar, a atitude de Maruge gera revolta e indignação na comunidade, colocando sua segurança em risco.
Título Original: The First Grader (EUA, Grã-Bretanha, Irlanda do Norte)
Ano: 2010
Direção: Justin Chadwick
Elenco: Naomi Harris, Oliver Litondo, Lwanda Jawar
beijos